Inauguração da exposição internacional “Lusitânia Romana. Origem de dois povos / Lusitania Romana. Origen de dos pueblos”

Teve lugar, no passado dia 25 de janeiro, a inauguração da exposição internacional “Lusitânia Romana. Origem de dois povos / Lusitania Romana. Origen de dos pueblos”, resultado de uma organização conjunta entre o Museu Nacional de arqueologia (MNA) e o Museo Nacional de Arte Romano de Mérida (MNAR), onde já esteve exposta, e com a colaboração científica da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL).

A sessão teve início às 17h00 e contou com as intervenções dos comissários da exposição, António Carvalho, diretor do MNA, José María de Álvarez Martínez, diretor do MNAR, e Carlos Fabião, professor da FLUL. Intervieram também a diretora geral do Património Cultural (DGPC), arquiteta Paula Silva, em representação do presidente da Junta da Extremadura a secretária geral da cultura, Dra. Miriam García Cabezas e em representação do Secretário da Estado da Cultura de Espanha, o Diretor Geral de Belas Artes, Bens Culturais, Arquivos e Bibliotecas, D. Miguel Ángel Recio Crespo. A fechar a sessão teve a palavra o Ministro da Cultura de Portugal, o Dr. João Soares.

A exposição – absolutamente obrigatória e imperdível – está em mostra ao público no MNA, de terça a domingo, entre as 10h00 e as 18h00, até junho de 2016.